terça-feira, 8 de setembro de 2015

POLÊMICA VERTICAL


Ainda que repugnada por muitos, densidade urbana e verticalização é a melhor e mais eficiente maneira de combater o desmatamento causado pelo crescimento das grandes cidades do planeta. Já pensou: uma metrópole como Belo Horizonte, quase 6 milhões de habitantes, todos vivendo e trabalhando em casas e edifícios baixos? Teríamos uma área urbana completamente espalhada, com um diâmetro de mais de 150km em todos os eixos da rosa dos ventos. Isso contribuiria para o desmatamento, para o uso ainda maior dos recursos naturais, teríamos problema com transporte (já que as distâncias seriam maiores), altíssimo gasto com energia (iluminação das ruas e avenidas; combustível), dentre outros problemas. Temos bons exemplos no Brasil de cidades espalhadas (e, obviamente, ecologicamente incorretas) que não deram certo, como Brasília, Palmas, Teresina, Manaus ou Sorocaba. Nos Estados Unidos temos como exemplo Los Angeles, maior cidade do mundo em área urbana. Os poucos prédios altos que existem na segunda maior cidade americana são sedes de instituições financeiras. Only that! O restante são construções de no máximo 3 pavimentos. Uma viagem de leste a oeste na Grande Los Angeles em área completamente conurbada daria cerca de 250km! Isso contando com "apenas" 15 milhões de habitantes. Já na Grande Tóquio, cidade mais populosa do mundo (38 milhões de habitantes), quase três vezes mais populosa que Los Angeles, metrópole completamente densa, onde praticamente todo mundo mora em apartamento;  uma viagem de leste a oeste em área conurbada não dá nem 150km. Pergunta: qual cidade desmatou mais, Tóquio ou Los Angeles? Qual consumiu mais recursos naturais? Qual preservou mais seu entorno natural? Não precisa ser um gênio matemático para responder. Então, da próxima vez que você for reclamar que BH é uma selva de pedra ou que em BH temos poucas áreas verdes, lembre-se de que a verticalização da capital mineira só contribui para o meio ambiente, encurta as distâncias e consome menos recursos energéticos. Orgulhe-se disso! Se não for o suficiente, lembre-se de outro dado: Belo Horizonte é considerada a segunda capital mais arborizada do país, perdendo apenas para Goiânia. Quanto mais verticalizada é uma cidade, mais preservado fica o meio ambiente ao seu redor. Pense nisso.

- Charles Tôrres

4 comentários:

  1. 6 milhões de habitantes ??? Onde estão os outros 4 milhões ??? Segundo o IBGE, a população de BH é de 2,5 milhões de pessoas. Vide o site http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=310620 - Precisa melhorar suas fontes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, ele se refere a população da região metropolitana de BH, assim como se referiu as regiões metropolitanas de Tóquio e Los Angeles. Que na prática funcionam como cidades interligadas, tornando esse número mais verdadeiro do que a população apenas do município.

      Excluir
    2. Então, como disse o colega acima, são quase 6 milhões de habitantes da região metropolitana, que funciona como uma cidade única, separada apenas por limites geopolíticos.

      Excluir
  2. Isso mesmo sr. Pastor Donizete, quase 6 milhões contando com regiões metropolitanas... Preste mais atenção ao ler os textos, vai que a vossa excelência um dia passe informçaões errôneas para seus fieis na igreja... Já pensou ??? kkkkkkk

    ResponderExcluir

Arquivo do blog