sábado, 12 de setembro de 2015

LIBERDADE


Há um tempo atrás, durante a apresentação dos temas dos projetos dos alunos do nosso Curso Completo na Metrópole - Escola de Fotografia, dentre diversas ideias interessantíssimas, uma aluna disse que gostaria fotografar a liberdade. Como registrar a sensação de liberdade? Bom, achei a questão pra lá de instigante. Cada um declara a liberdade de uma forma diferente. Eu, como já disse centenas de vezes aqui no BH - Uma Foto Por Dia, vejo a liberdade no céu, no bailar das nuvens, nos rajados atmosféricos, no aplainar dos pássaros. Sinto-me voar por entre os cumulus, nadar junto aos cirrus. Isso sem sair um centímetro sequer do chão. Basta empunhar minha singela Fuji com sua delgada lente f/2.0 e escutar seu som discreto, seu click que mais se assemelha a uma carícia nous ouvidos, apontando sua lente para imensa abóboda celeste nossa de cada dia, registrando as belas paisagens que só Belo Horizonte tem a nos oferecer. Viva a liberdade!

- Charles Tôrres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog