quarta-feira, 31 de julho de 2013

APOLO


E lai se vai mais um dia, emoldurado por um céu maravilhoso, com nuvens flamejantes que parecem dançar por entre a atmosfera...

Tenham uma ótima noite!

terça-feira, 30 de julho de 2013

ESTILOS DA AFONSO PENA


Inaugurada em 1897 como sendo a primeira cidade planejada do país, Belo Horizonte não é uma urbe a qual possa ser chamada de 'antiga'. Mas também não é a mais moderna entre as cidades brasileiras. O que não é ruim, pois temos contato com uma arquitetura eclética e diversificada em um simples passeio pelas ruas da região central, na qual percebemos nitidamente os estilos se fundindo por entre quadras e quarteirões com perfeita plasticidade e volubilidade. BH nasceu e cresceu na melhor época para se desenvolver, pois tem exemplares de todos os principais movimentos arquitetônicos do século XX. E uma das regiões que mais representa isso é a Avenida Afonso Pena. Foi a primeira via da cidade à receber edificações, e com sua expansão, continua recebendo até hoje, com edifícios que vão do manuelino ao barroco, do eclético ao neocolonial, do modernismo ao contemporâneo... distinguimos cada um deles, lado a lado, numa harmonia uniforme, como se tivessem sido brotados ali, sendo frutos da mesma semente. A metrópole possui uma mescla de estilos arquitetônicos que definem o caráter pluralista e cosmopolita da metrópole. Como eu já disse antes aqui no no blog, tal fato talvez queira nos transmitir o espírito flexível do cidadão mineiro; a forma como ele se renova conforme o tempo dita as regras. A terceira maior cidade do país se mostra por si só um curso de arquitetura ao ar livre... e seus habitantes, uma aula de delicadeza, caráter e hospitalidade.

Tenham uma excelente tarde!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

VILA MAGNESITA


Situada no extremo oeste belo-horizontino, na divisa com o município de Contagem, a Vila Magnesita é um pequeno aglomerado, que fica ao redor da indústria homônima, ao lado da estação de metrô Cidade Industrial. A Magnesita S.A é uma industria brasileira de refratários localizada em Contagem, Minas Gerais, fundada pela família Pentagna Guimarães, também proprietários do Banco BMG. A pequena vila urbana começou a ser erguida na década de 1940, época da instalação da referida fábrica. Foi formado por cidadãos vindos do interior a procura de trabalho na recém criada Cidade Industrial, maior conglomerado fabril da Grande Belo Horizonte.

Tenham uma excelente semana!

sábado, 27 de julho de 2013

CINE BRASIL


Inaugurado em 1932, o Cine Teatro Brasil foi concebido para ser o principal e maior teatro da cidade. Seu estilo art déco é destacado nas suaves curvas que acompanham a esquina da Avenida Amazonas e Rua Carijós, ao longo dos seus 11 andares. Apesar da imponência, seus anos de glória ruíram na última década, pois a obra passou a abrigar uma igreja evangélica padrão. No ano 2000 ele foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, afim de preservar sua fachada e sua história. Atualmente, o edifício passa por um processo de restauração e receberá um centro cultural, o qual será administrado e mantido pela Valourec & Mannesmann do Brasil.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

LUAR NO BELVEDERE


Última lua cheia, iluminando a noite belo-horizontina. O poético satélite estava impressionantemente grande e vistoso; e nasceu aos nossos olhos por detrás dos espigões do Belvedere...

Tenham um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

POR DO SOL NO PALMARES


Um dos maiores presentes que recebemos da natureza é o céu. Ele define a paisagem de nossa cidade e modifica as perspectivas conforme os dias avançam em direção às novas estações. O céu dita as regras do cromo da atmosfera, em sintonia com a intensidade do fulgor e o desenho das nuvens. Particularmente, desde menino eu sou apaixonado por essa imensa abóbada celeste que nos envolve e, ao mesmo tempo, nos faz livres para nos lançarmos ao ar, até onde a troposfera nos permite... ou não. Desde a antiguidade, o céu intriga o ser humano. Já almejamos as nuvens; e conquistamos. Já almejamos a lua terrestre; conquistamos. Já almejamos colocar nossos brinquedinhos eletrônicos no espaço; e lá se vão eles... um acaba de pousar em Marte, a fim de buscar um traço da humilde e ingênua existência terrestre no planeta vermelho. Cheios de questionamentos, o homem procura nos céus as respostas para suas questões. O espaço está sempre em movimento, as nuvens e os astros rodopiam; enquanto nós estamos enraizados junto às plantas e outros animais. Digo 'outros animais' pois as vezes nos esquecemos que não passamos de um, com um cérebro potencializado. Somos inteligentes, criamos nossas cidades, avançamos contra a vontade da natureza, usamos e esgotamos todas as fontes e recursos, buscando chegar à algum lugar que ninguém sabe onde. Enquanto isso, o céu nos observa, sóbrio, de forma parecer estar nos velando. Numa troca de 'olhares', nos damos conta da pequeneza humana; e da grandeza majestosa do universo. O céu por si só é o maior espetáculo que nós presenciaremos enquanto vivos. Só nos resta saber qual é a função disso tudo... se é que há uma função.

Uma ótima noite pra vocês e até amanhã!

terça-feira, 23 de julho de 2013

EFÍGIES DO ACAIACA


Símbolo da ousadia arquitetônica mineira da década de 1930. Assim pode ser definido o Edifício Acaiaca, um dos ícones mais conhecidos entre os habitantes de Belo Horizonte. Contando com 30 andares e cerca de 140 metros de altura, o prédio hospeda em seu interior a pura nostalgia, na elegância dos seus velozes elevadores e luxuosas acomodações. Seu nobre estilo art déco é sutilmente interceptado pelas imponentes efígies indígenas de quase 7 metros de altura, as quais vigiam os horizontes da Avenida Afonso Pena há 70 anos. Inaugurado em 1943, o edifício já abrigou milhares de instituições, dentre sedes de empresas públicas e privadas, escritórios, escolas e faculdades. E é nesse edifício, no 1505 andar, que se esconde o mais descolado estúdio fotográfico do Brasil... o Estúdio Metrópole!

segunda-feira, 22 de julho de 2013

A VISTA DA SERRA DA PIEDADE


Situando-se no município de Caeté, a 50km da Zona Central de BH, a Serra da Piedade é a maior formação rochosa da Região Metropolitana, cujo cume atinge 1.751 metros de altitude. Acomoda em seu topo o Observatório Astronômico da Universidade Federal de Minas Gerais e os radares do CINDACTA - Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo - que monitoram os céus da região. A serra abriga também um santuário religioso que conta com mais de trezentos anos do início de sua construção.

Tenham um ótimo dia!

domingo, 21 de julho de 2013

NORDESTE


Considerada uma das mais pujantes zonas de Belo Horizonte, a Regional Nordeste é marcada pela discrepância social e a divergência de desenvolvimento entre sua parte norte e sul. Possui alguns bairros cujos índices de crescimento e consolidação financeira que se igualam aos índices da Zona Sul da cidade; e, em contrapartida, é dotada também de bairros menos abastados em sua periferia. Apesar disso, é um dos principais centros comerciais da metrópole, fora da Região Central, além de estar se consolidando como pólo hoteleiro. É cortada pela Via Expressa Linha Verde, que com seus quase 40km de extensão, é uma das maiores avenidas da cidade. Em um dos principais trechos, a referida via está recebendo a construção do BRT (parte inferior da foto) cujo sistema entrará em funcionamento a partir do fim do ano.

Um grande abraço para vocês e tenham um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

CIDADE NOVA


Situando-se a 6km de distância do Centro de BH, o Cidade Nova é referência em toda a Região Nordeste da cidade. Movimentado, o bairro concentra uma gama de serviços e comércio variados, contando com vários supermercados, restaurantes, academias, museus, escolas, uma feira de produtores e um pequeno shopping. Localizado em ponto estratégico, ao lado da grande avenida Cristiano Machado, o Cidade Nova é muito arborizado e conta com um dos maiores parques do município, o Jardim Botânico da UFMG; além de um parque linear ao longo da Avenida José Cândido da Silveira. Apesar de não ser necessariamente um bairro nobre, seu IDH assemelha-se aos melhores bairros da alta classe belo-horizontina.

Tenham uma excelente noite!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

MAIS DO MESMO - BURITIS


Quem acompanha o blog periodicamente já deve ter percebido que o Buritis já apareceu por aqui algumas vezes. Não, não tenho predileção alguma pelo bairro. Ele é muito fotografado pelo fato de ser muito fotogênico! Ele se acomoda em vales e morros e possui bastante serra preservada ao seu redor, como podem ver na foto. O contraste do concreto com os montes gera uma atmosfera muito bacana! Possuindo aproximadamente 33 mil habitantes, o Buritis é o segundo bairro mais populoso da cidade, além de ser polo comercial regional de uma área verticalizada que abrange mais de 130 mil moradores. Teve crescimento recorde por muitos anos e recebeu o título de maior canteiro de obras da America Latina no período. É uma zona nobre, com renda média per capta de R$11.498,82 e apartamentos cujos preços  podem ultrapassar os quatro milhões de reais. Dentre outras comodidades, dista apenas 11km do Centro e possui excelente infra-estrutura, com inúmeros supermercados, shoppings, cinemas, restaurantes, bares, choperias, creperias, pizzarias, lojas de roupas, padarias e drogarias. O distrito abriga também um dos mais prestigiados centros universitários do país, o Uni-BH, cujos projetos de extensão recebem destaque nas listas do MEC, além de possuir a melhor faculdade de matemática do Brasil. É um dos bairros mais densos da cidade, com edifícios de três à trinta andares. Costumo chamar o Buritis de Legolândia - e não preciso explicar o motivo. Aliás, uma informação à quem não conhece a cidade: a foto da capa do blog também retrata o Buritis, só que em outra região.

Tenham uma ótima noite!

terça-feira, 16 de julho de 2013

MEIO DO ANO


E lá se vai mais um dia do tão estimado 2013. Dia 16 de julho, Dia do Estado de Minas Gerais! Estamos exatamente no meio do ano, no período de folga que divide um semestre do outro. Para a maioria, o ano está voando; enquanto para outros, ele está numa infindável meditação perene, quase congelado e eternizado ao som do click fotográfico...

Tenham uma ótima noite!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

SAVASSI PELA MANHÃ


A Savassi é pura boemia... pura cultura, gastronomia, jazz e bossa nova. Situada no extremo sul da Região Central de BH, a Savassi é o coração cultural da urbe. Seus incontáveis cafés, bares, restaurantes, boates e casas de shows promovem diariamente um espetáculo recreativo que faz a cidade alinhar-se com as grandes metrópoles do planeta, em oferta de entretenimento. É na Savassi que acontece anualmente o maior festival de jazz da América do Sul e a maior festa italiana do mundo, fora da Itália. Além disso, concentra milhares de escritórios de grandes empresas e possui fervilhante comércio de rua durante o dia.

Tenham uma excelente semana!

domingo, 14 de julho de 2013

DENSA METRÓPOLE


Belo e infinito horizonte. Grandiosa urbe que em cento e poucos anos saiu do esboço para tornar-se metrópole com mais de cinco milhões de indivíduos, tomando o posto de terceira maior, mais rica e mais populosa cidade brasileira. Culturalmente forte, delicadamente aconchegante, financeiramente próspera e urbanisticamente robusta... BH é um misto de qualidades, emoções e sensações, que vão da diversidade de sabores ao puro ar das montanhas. Na cidade se assa pão de queijo, cozinha blanquette de veau, produz cervejas pale ale e passa o melhor cafezinho de coador que se tem notícia. Segundo maior pólo industrial do Brasil, cidade que funde, fabrica, manufatura, queima, congela, monta, derrete, torneia e pulsa para que o mundo todo possa tomar nota. Não poderia ter nome melhor para distinguir tal magnânima, pois "horizonte" remete os panoramas, até onde a vista alcança. Cidade homônima à sua principal característica...

Tenham uma ótima noite!

sábado, 13 de julho de 2013

BARAFUNDA DA PERTURBAÇÃO URBANA II


Sob a ótica da minha fiel Praktica, oriunda da extinta Alemanha Oriental, faço registros urbanos francos e despretensiosos. Me agrado pelo desordenado criterioso, ou seja, aquela bagunça citadina proposital; traços desalinhados que ministram um sistema categórico e funcional. É o tal "certo por linhas tortas", mas eu trocaria o criador pela criatura. Apesar de sintético, eu vejo muita humanidade nisso. Fruto de nossas mãos... de nossos objetivos. Cantiga funcional e visual, apologia ao materialismo dos sonhos, onde, nos escombros naturais, recriamos a poesia criativa. Betão espesso, palpável, tangível, direcionado e eficaz.

Boa noite à todos!

sexta-feira, 12 de julho de 2013

SION


O nobre e tradicional Sion, localizado na Zona Sul de Belo Horizonte, revela-se como um dos mais densos bairros da cidade. Ele é dotado de ótima infraestrutura comercial, além de prestigiadas escolas, parques e praças. Situando-se ao lado da badalada Savassi, o Sion recebeu parte do perfil agitado da vizinha, se transformando em um novo point gastronômico da metrópole, especialmente por conta dos excelentes restaurantes e bares da rua Pium-Í, no coração do bairro. Seu nome se deve ao Colégio Santa Dorotéia (o qual foi uma das primeiras construções da região), que em outrora, se chamava Colégio Sion, sendo um núcleo educacional voltado apenas às garotas. A título de curiosidade, a grande maioria das praças e ruas do bairro recebem nomes de países e cidades latino-americanos, como Montevidéu, Uruguai, Assunção, Venezuela, Valparaíso, etc.

Tenham um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

SERRAS DE BRUMADINHO


Ontem eu tive o imenso prazer de visitar o condomínio fechado mais belo que já conheci em minha vida: o Retiro das Pedras! Encravado na divisa do município de Brumadinho com o município de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o condomínio possui aconchegantes residências que nos remetem aos mais charmosos e bucólicos recantos europeus. E uma das coisas que mais me impressionou em uma das ruas do lugar: a vista para as serras brumadinhenses. São formações rochosas, que misturam vegetação da Mata Atlântica com um pouco do Cerrado Mineiro, como podem apreciar na imagem.

Tenha uma excelente fim de tarde!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

MERCADO DAS BORBOLETAS


O tradicional e esquecido Mercado Novo ganha apelido de Mercado das Borboletas e se transforma em um agitado espaço de cultura de Belo Horizonte. Projetado e idealizado na década de 1960 para ser um dos mais modernos e arrojados mercados públicos da América Latina, o Mercado Municipal, mais conhecido como Mercado Novo, falhou em seu objetivo inicial. Por mais de 40 anos, o local ficou esquecido, à sombra do Mercado Central, vizinho intimidador que acaba recebendo maior atenção pelo seu perfil turístico, tanto de moradores quanto de visitantes de Belo Horizonte. Mas esta história está mudando: desde 2010, o Mercado das Borboletas, eclético projeto cultural que funciona no terceiro andar da construção localizada na avenida Olegário Maciel, tem atraído um dos públicos mais diversos da noite belo-horizontina para festas, shows, exposições e eventos; sempre com uma pegada mais alternativa. 

Tenham uma excelente noite!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

COMPLEXO DA LAGOINHA


O Complexo da Lagoinha é um dos mais ousados projetos de estrutura viária da capital mineira. São mais de dez viadutos e três túneis, totalizando quase 8km de vias elevadas, que ligam o Centro de BH às grandes avenidas que rumam ao norte da metrópole. A obra, que começou ainda na década de 50, está sempre sendo ampliada e renovada, já que de tempos em tempos ela fica obsoleta, graças ao crescente aumento na frota de veículos.

Tenham uma excelente noite!

domingo, 7 de julho de 2013

NETWORK CITY


Uma pesquisa recente concluiu que BH é a cidade brasileira que possui maior cobertura wi-fi gratuita do Brasil. Além disso, a metrópole detém, provavelmente, a maior concentração de empresas de tecnologia da informação por metro quadrado do país, pois é referência nacional nesse ramo. Talvez por isso, o curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais é considerado um bacharelado de alto nível no contexto nacional, sendo referência para todas as outras universidades.

Tenham um ótimo início de semana!

sábado, 6 de julho de 2013

DIÁRIOS METROPOLITANOS


A rotina, que faz com que nos conformemos com o mesmo, abdicando nossos desígnios, freando o ímpeto mais profundo que move nossa vontade de mudar. Máquinas somos nós,  operantes de um sistema que nem sabemos onde vai chegar, declinando nossos caprichos em prol do medo de fazer diferente. Maquinas operando máquinas. Nos habituamos com o que é nos imposto, a fim de não desapontarmos as origens, o leito inicial, nossas tradições arcaicas.

Tenham uma tarde!

sexta-feira, 5 de julho de 2013

MANGABEIRAS


O aristocrático Mangabeiras foi um dos primeiros bairros nobres de Belo Horizonte. Ele situa-se aos pés da Serra do Curral, abrigando os mais conhecidos mirantes da cidade. A região possui diversos atrativos turísticos, como a Rua do Amendoim, o Parque das Mangabeiras, o Parque da Serra e a Praça do Papa, na qual foi realizada uma missa realizada por João Paulo II, na década de 80.

Tenham um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

CÉUS ESCARLATES EM TEMPOS GÉLIDOS

Canon AE-1 1976 / Lente 55mm f1.2 / Filme Kodak Proimage  ISO 400

Eis que o frio chega, pegando de surpresa os belo-horizontinos desavisados. Tardes temperadas, com máximas de 23 graus, se entrepõem às manhãs e noites com mínimas de 11 ou 12 graus. Condições climáticas que nos deixam mais introspectivos, e ao mesmo tempo, aconchegados em nossos casacos, paralelizam-se com as belíssimas nuances celestes. Cores quentes tomam nossas cabeças em matizes rajadas alucinantes.

Tenham um ótimo início de inverno!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

RUA MINEIRA COM NOME CARIOCA EM ÓTICA JAPONESA NA VARANDA INDÍGENA


Quem acompanha o blog já deve ter percebido que constantemente estou postando fotografias produzidas com o auxílio de câmeras analógicas. E podem esperar que tal fato será cada vez mais frequente, haja vista que estou cada vez mais apaixonado pelo resultado que conseguimos com essas belezinhas alemãs, russas e, principalmente, japonesas. A fidelidade das cores e a ótica das lentes de cristal nos possibilitam uma constância singular na estrutura da imagem. Espero que gostem dos resultados.

Ah, a rua em questão é a Rio de Janeiro, no Centro de BH; e a foto foi feita a partir do Edifício Acaiaca, usando uma câmera japonesa de 1976.

Abraços à todos!

terça-feira, 2 de julho de 2013

VALES CONTEMPORÂNEOS


Localizado no município de Nova Lima, na Grande Belo Horizonte, o Vila da Serra é um dos bairros que mais crescem atualmente no Brasil. Ele é vizinho-irmão do Belvedere, outro bairro nobre da região. Ainda que muitos questionem, o Vila da Serra não passa de uma extensão do próprio Belvedere, o qual possui uma reduzida área, encravado na Serra do Curral entre a BR-356 e a linha de trem do Ramal de Águas Claras. O bairro está avançando para baixo da referida linha, em uma área de vasta beleza natural, exatamente atrás de uma das maiores serras da cidade. Uma verdadeira selva de pedra luxuosa, onde um delgado apartamento dificilmente sai por menos de um milhão de reais.

Até amanhã!

PARQUE DA SERRA


Ontem, domingo, 30 de junho de 2013, eu, minha esposa e nossos alunos de fotografia do Estúdio Metrópole (www.estudiometropole.com) fomos ao formoso e recém inaugurado Parque da Serra do Curral, que fica ao longo da serra homônima, cujas extensões abraçam a Zona Sul e Leste de Belo Horizonte. A caminhada foi tranquila, apesar do íngreme trajeto. Ótimo parque para se deleitar com os panoramas urbanos e naturais da Grande BH, em mirantes que nos deixam com a sensação de estarmos tocando o céu, tamanha altura. Apenas mais um dos motivos para entendermos o nome dessa maravilhosa urbe...

Tenham uma excelente noite!

Arquivo do blog