quarta-feira, 25 de maio de 2016

UM ESPETÁCULO DE CÉU


Um espetáculo de cidade!

© Charles Tôrres
------
Veja também:
500px.com/charlestorres

terça-feira, 24 de maio de 2016

COTIDIANO


E os mineiros começam a se preparar para o doce friozinho que aos poucos vai aportando na cidade. Preparem os casacos pois amanhã teremos mínima de 11º e máxima de 21º, além de fortes ventanias. Deliciem-se ótimos cafés, chocolates e muitos pães de queijo quentinhos.

© Charles Tôrres
------
Veja também:
500px.com/charlestorres
www.bhumafotopordia.com

segunda-feira, 23 de maio de 2016

BOM DIA, BH


Uma manhã maravilhosa na espetacular Belo Horizonte!

© Charles Tôrres
------
Veja também:
500px.com/charlestorres
www.bhumafotopordia.com
TREM DE DOIDO


Mineiro gosta tanto de trem que chama tudo de trem, e trem é até adjetivo: você é um trem! 


© Charles Tôrres
------
Veja também:
500px.com/charlestorres
www.bhumafotopordia.com

sábado, 21 de maio de 2016

CIDADE LUZ


E eis que a cidade nos alimenta com panoramas espetaculares. Semiótica urbanas, constituindo a gigante metrópole mineira que absortamente se converte sob o bailar celeste intangível e ininterrupto. A noite aos poucos adentra a polis magnus et Pulchri Horizontis, deixando esplendentes tons violáceos nas retas de betão armado. Grandes são as metrópoles que amparam seus rebentos inteiramente, sem utopias de convivência e sintetismos de modo de proliferação. Grandes são as urbes que abreviam o contato entre a natureza e o progresso. Grande, a perder de vista, como nossa cidade... sem fins... e Confins.

© Charles Tôrres - Belo Horizonte, Brasil - 2016
------
Veja também:
500px.com/charlestorres
facebook.com/CharlesTorresPhotographer/

sexta-feira, 20 de maio de 2016

BOA NOITE, BH!


Mineiros, tenham uma ótima noite e um excelente fim de semana!

© Charles Tôrres | BH - Uma Foto por Dia
DANÇAR NA CHUVA QUANDO A CHUVA VEM


© Charles Tôrres / Belo Horizonte
------
Veja também:

quinta-feira, 19 de maio de 2016

HIPERCENTRO


A suntuosa Belo Horizonte num maravilhoso fim de tarde! 

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia
------
Veja também:
PORTFOLIO
FACEBOOK
BARRO PRETO


A metrópole, o trânsito da manhã e o friozinho de maio.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia
------
Veja também:

quarta-feira, 18 de maio de 2016

ARTE DA RUA


A fotografia de rua é uma extraordinária forma de arte realista. Ela nos possibilita conhecer e mostrar o mundo urbano usando expressões e geometrias singulares, que fogem do que estamos acostumados a ver, mesmo fotografando a vida real e o cotidiano, nos dando a oportunidade de explorarmos o espaço urbano em que convivemos e suas milhares de óticas, versões, cores, utopias, formas e fatos; mesmo em fotografias posadas. Estudamos a cidade em sua condição de massa imóvel, da mesma forma que avaliamos sua movimentação frenética para conseguirmos melhores instantes fotográficos. O ponto categórico da foto-urbe se dá na dimensão em que se encontra uma massa urbana e suas infinitas possibilidades, sem nos deixarmos cair na tentação do lugar-comum.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
500px.com/charlestorres
facebook.com/CharlesTorresPhotographer/
METRÓPOLE LUZ


Poucas cidades do mundo são metrópoles. E poucas metrópoles são tão imponentes e únicas como Belo Horizonte.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
500px.com/charlestorres
facebook.com/CharlesTorresPhotographer/

terça-feira, 17 de maio de 2016

FUSCANDO




Dirigindo pelas curvas da grande metrópole mineira à bordo de um clássico alemão de 1973. Ao fundo, Viaduto Itamar Franco, na Região Oeste da capital.


© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
500px.com/charlestorres
facebook.com/CharlesTorresPhotographer/

sexta-feira, 13 de maio de 2016

CADÊ A REPRESENTATIVIDADE?


Nosso país é maravilhoso! Grande, farto em riquezas naturais, e, principalmente, bonito em sua diversidade de pessoas! Temos negros, amarelos, brancos, pardos, índios, louros, morenos, crespos, alisados, oxigenados, gays, trans, héteros, crentes, ateus, esquerdistas, direitistas, fotógrafos, advogados, geógrafos, japoneses, médicos, atores, pedreiros, artesãos, paraquedistas, empresários, mecânicos. Mas, por incrível que pareça, somos representados por um bando de velhos, ricos e brancos nos ministérios e no congresso nacional. Eles simbolizam uma minoria de ridículos 2% da sociedade, considerando os predicados em conjunto. Eu não sei vocês, mas isso, definitivamente, não me representa.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/bhumafotopordiaoficial

quinta-feira, 12 de maio de 2016

VIRGEM, SANTA!


© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/bhumafotopordiaoficial

terça-feira, 10 de maio de 2016

UMA METRÓPOLE SITIADA


Sitiada e engessada pelo poder público, pelo aumento da criminalidade e pela falta de perspectiva de melhora em várias esferas políticas e sociais. Uma cidade que perde seu charme para o assalto à mão armada, para o transporte de má qualidade, para as ruas sujas e fedorentas após eventos públicos, para o crescente número de lojas de rua fechadas por conta de abusivos aluguéis. Quando cheguei em BH, em 2009, conheci uma metrópole que estava muito acima da média nacional no quesito cultural e econômico. BH estava no auge do desenvolvimento até dois anos atrás; e desde então, a situação só regride; e nossas perspectivas com relação ao crescimento da cidade cada vez mais se estingue. A promessa de expansão do metrô ficou na promessa, o Move é um busão queixo-duro mascarado de primeiro mundo que não resolveu o problema do transporte de massa na cidade. A Mineiriana fechou, a Travessa fechou, a Rádio Guarani fechou, o Hard Rock Café fechou, a Dadalto fechou, várias unidades da Feira Shop fecharam, as ruas estão ficando cada vez mais vazias e frias; a Savassi perdeu charmosas livrarias e cafés, se transformando num reduto comercial sem graça e sem expressividade; o Centro de BH (que estava em plena expansão antes da Copa de 2014) estagnou e está deteriorando; o setor industrial esfriou, fábricas fecharam, investidores migraram pra outras praças, grandes empresas encerraram suas atividades. Não, não estou sendo pessimista. Quem me conhece através do BH - Uma Foto Por Dia sabe que sempre fui um grande defensor de BH e sempre falei muito bem da cidade. Não é atoa que o projeto existe há 4 anos, e está em pleno vapor. Mas preciso demonstrar minha indignação por aqui; pois nem tudo são flores e a realidade está estampada na cara da cidade. Preciso contar pra vocês o que sinto com relação à Belo Horizonte. Vim de Brasília, cidade que não oferece nada além de bons empregos públicos, e quando cheguei em BH, fiquei maravilhado com a cidade! Maravilhado com a estrutura cultural, os museus, as praças bonitas, o comércio, os cafés, as livrarias de rua. Mas agora o que restou foi uma revolta muito grande em ver uma metrópole como BH, com um potencial imenso, se transformando em uma cidade qualquer, sem beleza, sem vida. Entre 2009 e 2013, eu via artistas nas ruas, dançando, pintando, tocando. Fotografei várias bandas de rua aqui no Centro e também na Savassi. Aliás, a Savassi era puro charme e respirava arte e cultura. O Centrão era um espetáculo diário de artistas e intervenções; lojas bacanas, comércio pulsante. Agora só vemos mendigos se arrastando pelas ruas e bêbados querendo abraço. As melhores lojas do Centro já não existem mais. Aliás, as melhores lojas na cidade inteira, pois a crise está abalando todos os vetores econômicos. O desemprego cresce de forma pavorosa juntamente com a criminalidade. Todos os dias temos notícias de assaltos, sequestros, dentre outros delitos. BH voltou a ser como ela era nos anos 90. Só falta os camelôs nas ruas. Aliás, fiquei sabendo até os chineses estão vazando de BH. Estivemos a beira de ter uma própria "chinatown" aqui, o que seria fantástico para o turismo na capital mineira. Enfim pessoal... a verdade é que continuo amando BH mais que qualquer outra cidade no Brasil. Mas assim como no texto de ontem, hoje precisei fazer um apelo contra a crescente decadência de nossa querida Belo Horizonte. Não vamos ficar esperando a política melhorar para fazer de BH uma cidade mais humana, mais calorosa e mais pulsante. Não vai ser a Dilma, o Temer, o Aécio, o Bolsonaro ou qualquer outro canalha político que vai fazer a economia voltar a girar e as coisas melhorarem. As perspectivas são péssimas; se nós mesmos não colocarmos as mãos na massa, quiçá nossos netos poderão desfrutar de uma cidade igualitária e digna aqui na capital mineira. Fé na tábua!

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/bhumafotopordiaoficial

segunda-feira, 9 de maio de 2016

UM APELO À FOTOGRAFIA MINEIRA


Está cada vez mais difícil fotografar em Belo Horizonte! Sim meus amigos, BH está muito restritiva para nós, fotógrafos. Aliás, não apenas BH, como várias cidades mineiras. A fotografia acima foi feita na Unidade de Atendimento Integrado (antigo Psiu, atual UAI), na Praça Sete, que fica em um edifício maravilhoso, construído no final do século XIX, projetado pelo arquiteto italiano Luis Olivieri. Uma rara beleza arquitetônica de BH... que não pode ser fotografada! Entrei no prédio e fiz dois cliques. Em menos de 20 segundos os guardas me abordaram e me pediram pra guardar a câmera. Não consegui explorar o local como ele merece. E isso está ficando cada vez mais recorrente na cidade. Inúmeras edificações públicas e particulares estão com restrições para registros fotográficos. Quando não há restrição, cobram para nos autorizar a fotografar. E não são preços baratos. Até o metrô (pasmem!) cobra uma taxa para se fotografar em seu interior. É um absurdo! Já não basta os altíssimos impostos que pagamos para manter essa infra-estrutura; e ainda temos que arcar para fotografá-los. Obviamente, existem alguns órgãos públicos que precisam de privacidade, como é o caso dos tribunais, das delegacias e afins. Mas o UAI? Qual é a alegação para nos impossibilitar de fotografá-lo? E pra completar a história, a cidade está cada vez mais violenta, nos impossibilitando de andar com a câmera nas ruas. Fui assaltado esses dias, no meu bairro, que sempre foi um lugar tranquilo e familiar. Tive um prejuízo enorme. Soma-se isso às restrições impostas pelo poder público e particular, e temos uma cidade cada vez mais escondida das câmeras fotográficas. Então, amigos fotógrafos (ou não), faço um apelo aqui em minha página: fotografem Belo Horizonte! Fotografem todos os dias. Fotografem os órgãos públicos, os prédios, o metrô, o cotidiano. Vamos fomentar a fotografia na cidade. Claro que não dá pra afrontar o poder público, mas também não podemos ficar calados e aceitar essa imposição sem fundamentos. Protestemos fotografando às escondidas, mostrando para o mundo o quanto BH é bonita! BH merece nossa atenção! Estou tentando, ao máximo, fazer minha parte.

Abraços!

sábado, 7 de maio de 2016

BOSSA CITY


Nada melhor que desfrutar o fim de tarde deste maravilhoso sábado curtindo do alto o visual dessa grande metrópole.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/bhumafotopordiaoficial

segunda-feira, 2 de maio de 2016

SMILE!


Uma homenagem do BH - Uma Foto Por Dia ao projeto SORRISO PARA TODOS, uma iniciativa realizada pelo Ministério da Cultura com patrocínio da Colgate, que traz para Belo Horizonte sorrisos gigantes grafitados pelo artista Ed Mun. As obras estão expostas na Praça Raul Soares e na Praça da Savassi até o dia 27 desse mês. O projeto tem a intenção de incentivar as artes e a cor em grandes metrópoles dominadas pelo cinzento concreto. Os sorrisões estão expostos também em São Paulo, Curitiba e Salvador. E graças ao projeto, eu, por meio do BH - Uma Foto Por Dia, fui gentilmente presenteado pelos organizadores com uma mini boquinha de gesso e algumas canetas hidrocor para que eu possa fazer parte do movimento também, pintando meu próprio sorriso. Já estou colocando a pintura em prática, e em breve, ela será exposta aqui na Metrópole - Escola de Fotografia. Visitem! ;)

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

------
Veja também:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/bhumafotopordiaoficial

Arquivo do blog