terça-feira, 8 de outubro de 2013

CONTINGENTE VIL NA CHAPA DE FILME ILFORD 3200


Quem diariamente acompanha o BH - UMA FOTO POR DIA sabe que sou fascinado por experiências que envolvem câmeras analógicas e, consequentemente, fotografia de filme. Já, inclusive, postei aqui no blog várias fotos que produzi com película. Bom, o meu último experimento foi com um filme da marca Ilford, modelo Delta ISO 3200. Pra quem não sabe, o ISO é a sensibilidade de superfícies fotossensíveis utilizadas na fotografia. Quanto mais alto o ISO, maior a absorção de luz ao filme. Em termos práticos, quanto maior o ISO, maior a facilidade de se fotografar em situações com pouquíssima luz, dispensando o uso de flash, como é o caso da fotografia que fiz acima. O problema é que, quanto maior o ISO, pior é a qualidade da imagem produzida, gerando uma imagem granulada e com pouca definição. ISOs altos em câmeras digitais profissionais, nos dias de hoje, são quase imperceptíveis, mas em filmes eles se mostram constantes. Ainda que muitos abominem, esse grão, se bem utilizado, pode proporcionar uma estética interessante à imagem, especialmente se considerarmos a nova atmosfera de baixa iluminação que estaremos abordando.

Tenham uma ótima noite!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog