segunda-feira, 28 de outubro de 2013

CÃO NOSSO DE CADA DIA: ADOTEMOS!

Dedico essa postagem à minha esposa, Lígia Tôrres, graças ao seu cativante amor aos bichos, de qualquer espécie.

Todos os dias nos deparamos com dezenas de cãezinhos abandonados nas ruas da cidade. Quando eu e minha esposa viemos de Brasília para morar em BH, notamos que aqui a presença de cães de rua é numerosa e alastrada. Segundo a secretaria Municipal de Saúde, apenas no município de Belo Horizonte temos cerca de 27 mil cães abandonados, número que pode dobrar se considerarmos toda a sua região metropolitana. A Lei 4.323, de 13 de janeiro de 1986, e Decreto 5.616, de 15 de maio de 1987 diz é terminantemente proibido o abandono de animais. Apesar disso, é recorrente a renúncia e o desprezo ao melhor amigo do homem, sendo abandonados por motivos desprezíveis e repugnantes. Se não temos mais como sustentar o animal que adquirimos, deveríamos tratar de conduzi-lo a um lugar que possa acomodá-lo, com pessoas acolhedoras e pacientes; e não apenas largá-lo nas ruas, sem o que comer e beber. Cães domésticos são muito dependentes e necessitam do apoio e do carinho de alguém. Isso já está na genética dele, segundo um estudo que vi recentemente. Domesticamos tanto a raça canina que hoje ela é dependente, diferente dos gatos, que são instintivamente emancipados. Com base nisso, não tem nada mais cruel que o abandono de um cachorro. Nos dias de hoje, temos centenas de instituições na cidade que tratam de animais abandonados, deixando-os limpos e medicados, prontos para a adoção. E o melhor de tudo, não cobram 1 real sequer pelo cãozinho. Cães alegram as residências, unem irmãos: fraternizam! Além disso, são ótimos companheiros, curam até depressão. Portanto, faço da fotografia de hoje um apelo: não comprem animais de raça. Cães de rua são tão (ou mais) lindos que os da estirpe; e com a grande vantagem de serem únicos e singulares, diferentes dos demais. Vamos tratar de, aos poucos, mudar esse triste cenário de Belo Horizonte. 

Tenham uma ótima noite!

Um comentário:

  1. Triste foto e triste realidade. Vc com seu trabalho pode fazer com que as pessoas reflitam mais. E te digo, não só cães mas gatos tb sofrem com abandono e estes ainda mais com o preconceito!

    ResponderExcluir

Arquivo do blog