domingo, 16 de setembro de 2012

GIGANTE


(...)

Estamos hoje na capital brasileira que mais cresce, segundo pesquisa divulgada pelo Brookings Institute, respeitada instituição americana que estuda o ritmo do desenvolvimento socioeconômico ao redor do planeta. No último ranking do Brookings, que reflete os dados de 2011, Belo Horizonte aparece na 28ª posição, bem à frente de outras capitais do país. E basta circular por suas ruas e avenidas para reconhecer os sinais típicos das metrópoles desenvolvidas. "Tudo o que quero, encontro aqui", afirma o indiano Avishek Nigam. O engenheiro da multinacional Infosys, que mora no Belvedere há dois anos, sabe bem do que está falando. Já viveu em diferentes cidades de três países. Nigan trabalha em uma das 5 000 empresas de tecnologia da informação que se instalaram na região metropolitana. Juntas, elas faturam 1,6 bilhão de reais por ano e empregam 17 000 profissionais. A nova Belo Horizonte, capital da terceira maior região metropolitana do país, com 4,8 milhões de habitantes, engloba marcas internacionais, gastronomia diversificada e uma crescente oferta de entretenimento. "BH entrou claramente em um novo processo de modernização nos últimos 25 anos", diz o sociólogo e professor da PUC-Minas Otávio Dulci. Prova disso é a retenção de talentos - belo-horizontinos que escolheram ficar por aqui, pessoas que se foram e decidiram voltar e gente de toda parte do país e do mundo que veio morar na cidade. Atualmente temos uma grande população cosmopolita, com referências globais’’. (...)

Luiza Brasil - VejaBH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog