terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

CADÊNCIAS COTIDIANAS


Em vários os momentos de nossas vidas nos deparamos com situações em que temos que dar tudo de nós para alcançarmos um objetivo. O nome disso é: processo. Todos nós passamos por processos ao longo de nossa existência. Porém, tenho notado uma falta de persistência generalizada nos cidadãos, que se encontram cansados e abatidos, fartos de suas rotinas diárias e sem perspectivas para começar algo novo. E quando começam, não gozam de obstinação necessária para insistir naquele processo. Esquecem de que qualquer constância na vida precisa de energia para seguir evoluindo. É como uma avenida... para chegarmos ao nosso destino, não podemos desviar da rota. Pode parecer básico isso, mas não é, pois a maior dificuldade do ser humano é a compreensão do valor da persistência. Abatem-se com certa facilidade frente às barreiras interpostas aos acontecimentos da vida, fazendo com que um determinado processo seja interrompido no ápice da sua constância. Vários são os tipos de processo e cada um tem um nível de dificuldade, seja inicial ou final, mas em todos eles, sem exceção, adquiri-se sucesso ao término da jornada. Se ainda não obteve, é porque a caminhada ainda não chegou ao fim.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog