terça-feira, 12 de janeiro de 2016

CIDADE SOBRE AS SERRAS


Belo Horizonte, uma metrópole esparramada sobre as serras e morros de Minas Gerais, circunstância que garante a nós, cidadãos, as mais belas vistas e os mais amplos panoramas. Há inclusive uma pesquisa, a qual tive contato há uns anos atrás, que defendia que pessoas que moram em lugares de onde visualizam-se horizontes infindáveis possuem mais perspectivas de vida que os cidadão que moram em locais sem vistas. É como se uma vista ampla trabalhasse o psicológico de cada um instigando-o a explorá-la. Quando vivemos em locais desprovidos de vistas, ficamos fadados a estreitar nossas perspectivas, como se não houvessem novos horizontes a serem desbravados. Claro que há controvérsias e exceções, mas a pesquisa faz algum sentido. Eu mesmo me sinto muito bem em locais altos. Sinto-me livre, pareço respirar e pensar melhor quando tenho céus e horizontes desprovidos de obstáculos sob meu testemunho. Sinto-me bem naquele local, porém, com uma imensa vontade de explorar o que vejo. Infelizmente não tenho mais a fonte e nem me lembro qual instituição promoveu tal análise; portanto, vou parar por aqui e ir ali contemplar mais um pouquinho uma das maiores virtudes de nossa grande cidade: o horizonte.

© Charles Tôrres / BH - Uma Foto por Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog