quarta-feira, 22 de julho de 2015

O PODER DA DECISÃO


Mudança, instabilidade, inconstância e ansiedade são palavras que as pessoas temem profundamente. Todo mundo procura um emprego estável, um relacionamento estável, uma forma de viver com estabilidade. Mas o que poucos sabem é que para o caixão levaremos apenas o nosso corpo sem vida; e a estabilidade nos impede de viver novas aventuras e descobrir novas coisas. Aos que possuem a afamada estabilidade, todo santo dia é a mesma coisa. Acordam, tomam café, pegam trânsito para chegar ao trabalho, contam as horas para ir embora, contam as horas pra chegar fim de semana, contam os meses para tirar férias e se esquecem que, como seres humanos, precisam de criar novas coisas e viver novos desafios para dar sentido ao sangue quente que corre por suas veias. Conheço pouquíssimos funcionários públicos (concursados) felizes com sua vida e carreira. A maioria sofre de depressão e não sabem que rumo tomar na vida, já que ansiedade é uma palavra que eles riscaram do dicionário. E, como empreendedor, e alguém que vive em cada dia um dia diferente, posso dizer com veemência que não há nada melhor que estar ansioso com algo. Nada melhor que buscar fazer sempre coisas diferentes, empreender o lado profissional e pessoal, arriscar, ousar. Como costumo dizer, a vida está acontecendo nesse instante. Não viva para o amanhã, viva para o agora, viva intensamente. Ame as pessoas como se não houvesse amanhã; parafraseando Legião. O que você está fazendo nesse exato momento? Você faz o que gosta ou está à espera de um milagre? Sua vida é a maior mágica da natureza. O paraíso é a Terra, maravilhoso planeta recheado de infinitas possibilidades. Cada segundo que se passa é um segundo a menos de vida, portando, não devemos desperdiçá-los. Eternidade? Que seja eterno enquanto dure. Aproveite: você não terá outra chance. Decida o que for melhor pra sua vida, opte pelo que vai lhe fazer feliz, e não apenas pelo que lhe dá estabilidade, não apenas pelo que você faz sem medo de fazer. Ter medo é positivo e nos mostra que optamos pelo caminho certo, porém, recheado de grandes surpresas. A vida é assim. De nada adianta termos estabilidade se não sabemos como será o dia de amanhã. Pergunte-se: se HOJE você for atingido por um carro e morrer... sua vida valeu a pena? Ou você viveu para agradar o outro? Pra ter estabilidade? A morte nos mostra que estabilidade é uma palavra utópica. Tudo só vale a pena se for vivido intensamente. Cuide-se... e tenha fé na tábua!

- Charles Tôrres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog