terça-feira, 4 de outubro de 2016

ESQUERDA VS DIREITA


Em tempos de ignorância política brasileira, avanços sociais em várias nações do planeta, desenvolvimento filosófico da ciência política e exemplos práticos de todo tipo de regime possível no mundo (que deram certo ou não), só consigo crer em uma coisa: nenhum extremismo funciona. A extrema direita americana nunca funcionou, e por isso está sendo revisada atualmente. A extrema esquerda chinesa também foi um fracasso, e hoje o país é uma potência em crescimento graças ao progresso do capitalismo no país.

Portanto, se você direitista acha que o modelo americano é o ideal, é melhor estudar o que de fato acontece no país e revisar suas ideias. Não se baseie no que você viu em Miami. Se você esquerdista acha que Cuba é o paraíso... bem, melhor nem comentar.

O único sistema político que pode dar certo é o híbrido, com mesclas de teorias e ideais de várias correntes. Estado enxuto e liberal demais não qualifica os historicamente desfavorecidos. Estado grande complica e enferruja a máquina pública, com regalias a servidores e excesso de impostos. Demasia de programas sociais esvaziam os cofres públicos e não garantem desenvolvimento econômico. Já sua escassez polariza a sociedade, fazendo com que os índices de desigualdade fiquem nas alturas. Conservadorismo demais não abre espaço para a diversidade humana. Excesso de liberdade desmoraliza a sociedade, hierarquicamente falando. Liberal demais é direita extrema. Inclusão demais é esquerda. Iniciativa privada forte é capitalismo. Rico pagando imposto alto, estatismo.

Portanto, o lance não é ser direita ou esquerda, estar em cima ou em baixo. É estar no centro, buscando favorecer o país com as melhores ideias de cada lado. Foi assim que países como Japão, Alemanha, Suécia, Noruega, Finlândia, Canadá, etc., se desenvolveram e hoje são potências mundiais na economia, na inclusão social, na representatividade política e nos baixíssimos índices de desigualdade.

Ok, nossos políticos não compreendem isso. Mas se você compreender, hoje, agora, talvez no futuro teremos um desenvolvimento humano palpável para oferecer às futuras gerações.

Charles Tôrres • Belo Horizonte • 2016
-
Siga:
bhumafotopordia.com
500px.com/charlestorres
instagram.com/fotografocharlestorres/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog