quinta-feira, 19 de março de 2015

ACAIACA


Mais uma experiência analógica (com câmeras de filme), dessa vez utilizando a tão criticada Lomografia, técnica fotográfica em que o fotógrafo utiliza câmeras de plástico, descartáveis, para produzir fotografias despretensiosas. Na foto, o símbolo da ousadia arquitetônica mineira da década de 1930. Um clássico! Assim pode ser definido o Edifício Acaiaca, um dos ícones mais conhecidos entre os habitantes de Belo Horizonte. Contando com 30 andares e cerca de 140 metros de altura, o prédio hospeda em seu interior a pura nostalgia, na elegância dos seus velozes elevadores e luxuosas acomodações. Seu nobre estilo art déco é sutilmente interceptado pelas imponentes efígies indígenas de quase 7 metros de altura, as quais vigiam os horizontes da Avenida Afonso Pena há 72 anos. Inaugurado em 1943, o edifício já abrigou milhares de instituições, dentre sedes de empresas públicas e privadas, escritórios, escolas e faculdades.

- Charles Tôrres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog