quinta-feira, 21 de agosto de 2014

AORTA URBANA


Podendo ser considerada como se fosse uma artéria aorta urbana, fazendo um paralelo da cidade com o corpo humano, a Avenida Antônio Carlos é uma das principais vias de Belo Horizonte. Não chega a ser muito extensa (seu conjunto viário se soma à via Pedro I, formando uma avenida só com aproximadamente 15km de extensão), mas rasga a metrópole em seu miolo geocêntrico, ligando a Região Central a importantes locais e regiões do Vetor Norte, como a Pampulha, Venda Nova, Universidade Federal de Minas Gerias, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, etc. Larga - como convém a uma aorta - em alguns trechos a via conta com 14 faixas de rolamento, sendo 4 deles destinados ao MOVE - BRT. Nos demais trechos ela varia entre 10 e 12 faixas; além de possuir dezenas de elevados e viadutos. Dada sua responsabilidade, é uma das vias que mais recebem reformas na cidade, variando entre ampliações, novos viadutos e trincheiras.

Tenham uma ótima noite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog