segunda-feira, 30 de setembro de 2013

CASA DO BAILE


Parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer, a Casa do Baile foi inaugurada em 1941 para abrigar um luxuoso restaurante, o qual também possuía uma pista de dança, servindo a alta classe belo-horizontina da época e propagando a cultura e a música mineira com saraus e apresentações que aconteciam no edifício. Situada em uma pequena ilha artificial na Lagoa da Pampulha, a obra é referência da arquitetura modernista brasileira, tornando-se, após sua conclusão, referência mundial em arquitetura juntamente com as outras obras do complexo; e projetando internacionalmente a cidade e o arquiteto. Com jardins desenhados por Burle Marx, o projeto arquitetônico e paisagístico propunha uma integração total com o ambiente da lagoa, como dita as características do movimento arquitetônico modernista. Além dos bailes e da gastronomia, os frequentadores da casa também se dispunham de rodadas de jogos das mais diversas estirpes, como cartas, bingo, roletas, dentre outros; motivo pelo qual a casa teve que ser fechada por conta da proibição de tais atividades em 1948. O hoje a Casa do Baile é abrigo do Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design, o qual desenvolve exposições, divulga e produz publicações, mostras, seminários, encontros e eventos relacionados às áreas de urbanismo, arquitetura e design.

Tenham uma excelente tarde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog